O PROJETO

A Associação das Catadoras de Mangaba e Indiaroba – ASCAMAI foi criada em 23 de maio de 2009, sem fins econômicos, com objetivo de garantir a conservação e o uso sustentável dos recursos naturais, fomentar e promover práticas sociais e produtivas, fortalecer a geração de renda, promover a inclusão social das catadoras por meio da auto-organização, a capacitação no âmbito das tecnologias, da organização associativa e cooperativa.

Dentre as experiências mais importantes que a Associação acumula, se encontram o seu próprio processo organizacional enquanto grupo de catadoras, sendo a primeira associação de Catadoras de Mangaba registrada em Sergipe, e ações de educação para capacitação nas áreas de produção, cultivo e plantio de mudas para reflorestamento. Formação de grupos de mulheres para a implantação e o desenvolvimento de unidades de processamento de frutos da restinga e dos quintais, utilizando processos de produção convencional e também com o uso de tecnologias social, dentre outras ações educacionais, culturais e de gestão.

Atualmente, a ASCAMAI trabalha no desenvolvimento do projeto “Rede Solidária de Mulheres de Sergipe”, através do patrocínio do Programa Petrobras Socioambiental que, tem por objetivo promover o desenvolvimento de competências sócioprofissionais, numa perspectiva de educação para o trabalho, enfatizando a valorização dos usos tradicionais e saberes da sociobiodiversidade e, por meio da formação de uma rede de solidariedade, contribuir para a auto-organização de mulheres, fomentando ações ecologicamente sustentáveis e socialmente justas que promovam o desenvolvimento socioeconômico.

A abrangência do projeto “Rede Solidária de Mulheres de Sergipe” corresponde a 3 áreas urbanas e 9 povoados situados nos municípios de Carmópolis, Indiaroba, Estância, Barra dos Coqueiros, Pirambu, Japaratuba, todos localizados em áreas de restinga no estado de Sergipe. A proposta visa desenvolver habilidades e competências para o trabalho por meio de processos educativos que estimulem a ampliação de oportunidades de inserção profissional para 400 mulheres nas localidades descritas acima. 

A ASCAMAI já foi apoiada pela Petrobras com contratos de patrocínios para o projeto Catadoras de Mangaba, gerando renda e tecendo vida em Sergipe - Fases I e II, entre os anos de 2010 e 2015, em área de atuação de 8 municípios, em 26 comunidades do estado de Sergipe.

Durante a execução do projeto Catadoras de Mangaba, Gerando renda e tecendo vida em Sergipe – Fases I e II, o número de participantes direto contou com 600 mulheres, sendo ampliado para 764 no decorrer da sua execução. O mesmo se deu com a área de abrangência, com a inclusão de mais um município não previsto na proposta inicial.

Nesse período foram estabelecidas várias parcerias com instituições públicas (Universidades, Prefeituras, Secretarias de Estado e municípios, Companhia Nacional de Abastecimento - Conab, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade - ICMBio), privadas (Sistema S, empresas de comunicação) e terceiro setor, proporcionando ao projeto ganhos técnicos, logísticos e financeiros para a execução das ações.

ENVIAR
IMPRIMIR

Anteriores: